A infantilização da mulher branca

mulheres-debret

“A contradição e ambivalência na sociedade brasileira tem muito a ver com as formas de enxergar mulheres negras e brancas em seus respectivos papéis no contexto social”

Liv Sovik

Historicamente, a figura da mulher negra esteve, de uma forma preconceituosa, associada a atributos sexuais. Por outro lado, a mulher branca sempre foi pintada de uma forma infantilizada e inocente.

Em entrevista para o Mulheres de Luta, a pesquisadora Liv Sovik fala um pouco sobre como isso tem relação com um desejo (até uma inveja velada) da população branca de se igualar em certos aspectos à negra.

Apesar disso, a efetivação desse pensamento é barrada pela contradição em desejar aquilo que é discriminado, ou seja, encontra impeditivo no racismo estrutural que permeia a sociedade e é responsável pela manutenção da ordem e poder.